logo
dot
apresentacao ponto brasileiro livro galeria virtual galeria imprensa contato
dot
 
Apresentação
Madeleine Colaço, Brasileira nascida em Tanger em 1907, de pais franco-americanos, casou-se em 1928 com o escritor e jornalista português Thomaz Ribeiro Colaço. Em 1940 o casal transferiu-se para o Brasil, fugindo da ditadura de Salazar.
Estudou a arte da tapeçaria no Marrocos, na França, na Inglaterra e em Portugal criando um ponto bordado batizado por Marie Cutolie de Ponto Brasileiro.
Os "sambas" bordados de Madeleine Colaço, utilizando uma frase que ela mesma inventou, são dominados pelos ritmos pulsantes alcançados através de uma justaposição de cor e texturas sutis. Ela consegue este efeito em parte com a mistura de fios de diversos materiais: lã, seda, algodão e fios metálicos e também com uma mistura de pontos: o Ponto Brasileiro (criado por ela) o "point coulée" (ponto usado na célebre tapeçaria da Reine Matilde no séc. XI) e arraiolos.
O seu bisavó Antoine Bonnet desenhava os brocados de seda fabricados em Lyon no século passado.
 
dot
 
Introduction
Madeleine Colaço (Madeleine Matthew Bonnet) Brazilian artist borned in Tangier of French-American parents, married in 1928 a Portuguese journalist and writer Thomaz Ribeiro Colaço. In 1940 they moved to Brazil, escaping from the dictatorship of Salazar.
She studied tapestry in Morocco, France, England and Portugal creating a stitch for embroidery baptized "The Brazilian Stitch" by Marie Cutolie.
The embroided "Sambas" as she refers to her tapestries have a vibrant rhythm obtained by a subtle combination of colors and textures. The blend of different materials: wool, silk, cotton and metallic threads, using different stitches: Brazilian stitch (her creation) "Point coulée " used on the famous Tapisserie de la Reine Matilde (XI century) and arraiolos are used to obtain the creative solution for that work.
 
dot